2019 set

A origem do Escritório Lobo & Ibeas (predecessor de Lobo & Lira)

A origem do Escritório Lobo & Ibeas (predecessor de Lobo & Lira)

Antes de fundarem o escritório, os fundadores de Lobo & Ibeas trabalhavam no Departamento Jurídico Centralizado das empresas do Grupo Caemi (DJC). Esse departamento era organizado nos moldes de um escritório de advocacia, e atendia às diversas empresas do grupo, dentre as quais ressaltavam projetos industriais de grande porte, implantados em associação (joint ventures) com investidores internacionais. O tempo gasto pelos advogados em cada caso era debitado à empresa interessada e ao final de cada mês, o custo do DJC era distribuído entre as empresas usuárias.

Na época, a economia brasileira experimentava uma notável expansão, não somente quantitativa como qualitativa, e os advogados do DJC foram desafiados a trabalhar com instrumentos jurídicos adotados nos grandes projetos internacionais, então pouco conhecidos no Brasil.

Em vista da experiência adquirida na montagem jurídica dos empreendimentos do Grupo CAEMI em associação com empresas multinacionais, advogados do DJC foram convidados a participar de uma iniciativa acadêmica pioneira: o Centro de Estudos e Pesquisas no Ensino de Direito – CEPED, criado por um convênio entre a Universidade do Estado do Rio de Janeiro e a Fundação Getúlio Vargas, dirigido pelo Professor Caio Tácito. Sob a orientação acadêmica do Professor Alfredo Lamy Filho, o CEPED reuniu professores de Direito, Economia e Contabilidade em um curso para advogados de grandes empresas, no qual se adotava experimentalmente um método indutivo, partindo do exame e resolução, de questões recolhidas da observação e análise da realidade empresarial. Previamente os alunos recebiam apostilas contendo o material a ser objeto de debates em aula, com orientação do professor.

O conhecimento e a experiência, assim acumulados, levaram os advogados do DJC a se retirarem dos quadros da CAEMI e fundarem um escritório de advocacia especializado em assistência jurídica a grandes empresas. Então, em 3 de junho de 1974, surgiu o escritório Lobo & Ibeas, cujos sócios fundadores haviam participado do CEPED. Nos primeiros anos, Lobo & Ibeas se beneficiou do aconselhamento e do prestígio do Professor Alfredo Lamy Filho.

Esse quadro de profissionais logo se destacou no meio jurídico. Lobo & Ibeas foi contratado, já então como escritório externo, pela própria CAEMI e por outros grupos empresariais que apreciaram seu trabalho na montagem jurídica dos projetos empresariais da CAEMI. Empresas que, nas mesas de negociação, se haviam colocado do lado oposto ao da CAEMI no tempo do DJC, procuraram Lobo & Ibeas, pedindo assistência jurídica em outros projetos. Logo, Lobo & Ibeas tornou-se conhecido e requisitado por outras empresas, que demandavam serviços de advocacia empresarial em diversos setores.

Leave A Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *